Arquivo da categoria ‘Estatais’

Petrobras, O “Orgulho” do Brasil

Publicado: 24/05/2014 por Cigano Morrison Mendez em Economia, Estatais, Principal
Tags:, , ,

Estamos de volta, bípedes.

Desta vez vamos falar da Petrobras, a empresa que é o orgulho do Brasil, a menina dos olhos do governo, aquela que tanto “traz riqueza e prosperidade para nós”, crédulos.

Até 2012, até eu acreditava que a Petrobras era uma empresa que poderia ser a salvação, dentre todas as jabuticabas que temos. Aí tive a ideia brilhante de tentar trabalhar em uma das refinarias, e a experiência me foi muito reveladora: http://cigano.blogspot.com.br/2012/08/a-grande-mentira-da-refinaria-abreu-e.html. Eu não era funcionário da Petrobras: era pra ser um terceiro, e mesmo entre as terceiras, há sempre o Lema do Pirata: a diretoria quer usurpar ao máximo todo o dinheiro dado como subsídio para moradia e melhora de condições aos funcionários. Pelo número de greves que já teve lá, é fácil imaginar que não fui sorteado: todas as terceiras desviam recursos de algum modo.

Na época, fiz tudo o que era possível para denunciar os tratos aos quais fui submetido pela terceira. A Petrobras levou nove meses pra me responder “que consultou a terceira e disse que eu apenas não passei no processo seletivo”.

Que porra de devolutiva é essa?

Se aqui fosse um país decente e a Petrobras fosse de fato uma empresa decente, no mínimo as denúncias de moradia precária, alimentação e transporte seriam investigadas seriamente. Mas não. Eles simplesmente se contentaram com a versão de quem estava roubando. O que isso parece? A mim, me parece total conivência para os crimes que obviamente estavam sendo cometidos.

Outra: não teve processo seletivo algum. Os pilantras da terceira simplesmente não me contrataram porque eu reclamei e me recusei a seguir as condições absurdas que eles me colocaram.

Mas teve crime mesmo? Teve. O diretor administrativo-financeiro da empresa foi demitido quatro meses depois do que aconteceu comigo, por desvio de verbas (engraçado, não?). Não apenas isso: o bacana também mandou embora por justa causa pessoas que estavam em folga programada, uma folga remunerada de cinco dias que a empresa concedia de 3 em 3 meses. Obviamente foi jurado de morte e passou a ter que viver trocando de carros e de imóveis de tempos em tempos, isto antes da sua demissão. Ganância pouca é bobagem.

Mas não acaba aí. A refinaria já custa 8 vezes o valor inicial. Não conheço projeto no universo que tenha tamanho erro de cálculo de estimação de custo total. O projeto começou em 2007 e a (mais nova) previsão de funcionamento da planta é em 2016.

E o nosso governo, o que fez? Bom, aprovou uma CPI mista para investigar, o que sabemos que não vai dar em nada. O objetivo era apenas enfraquecer politicamente o Eduardo Campos, pré-candidato a presidente e Governador do Pernambuco na época (o que já revela uma burrice infantil, visto que a administração da Petrobras nada tem a ver com o Governo do estado do Pernambuco).

A podridão da administração excelente da estatal não está apenas na Refinaria Abreu e Lima: há refinarias que já consumiram R$1 bilhão e não saíram nem da terraplanagem: http://www.simplicioaraujo.com.br/v2/2014/05/22/apos-visitar-refinaria-em-bacabeira-simplicio-araujo-entrara-com-requerimento-para-que-cpmi-da-petrobras-investigue-obra/

Vamos falar agora de Pasadena, o negócio da China feito pela Petrobras nos EUA. Há uma matéria que mostra bem a imbecilidade do conselho administrativo da Petrobras, discutindo algumas maneiras de gastar (mal) 1 bilhão de dólares. Mais algumas outras compras foram feitas. Ruins, obviamente, como a Refinaria de Okinawa, que produz apenas 53 mil barris por dia, por limitações ambientais. Pasadena custou 10 vezes mais, e tem a capacidade técnica equivalente. Quem são os excelentes técnicos que produzem estes laudos de merda? Quero entender como a Petrobras avalia os candidatos a funcionários, mas não deve ser pela capacidade intelectual.

E a recuperação disso? Perca as esperanças. A Petrobras não vai conseguir baixar o endividamento até 2015, mesmo que a atual gestão não seja reeleita.

Não é à toa que quando a Dilma cai nas pesquisas, as ações sobem. Acho que isso diz muita coisa.

Mas não, a Petrobras é uma empresa boa pra caralho.

Anúncios